(***)  TEXTO PRODUZIDO PELO FORNECEDOR DO SISTEMA SUCROENERGÉTICO
SEM A INGERÊNCIA DO JORNALISMO DA REVISTA OPINIÕES

Inovações na linha SuperTurbo trazem maior segurança e eficiência


Linha ST (SuperTurbo) da TGM contempla características consagradas da linha RTS e aperfeiçoamento em estudos de campo

A Linha ST é o novo patamar de redutores de eixos paralelos da TGM, disponível para serem utilizados em acionamento de geradores de energia por turbinas a vapor de até 60 MW de potência. Esta série é uma grande evolução por trazer características consagradas da linha RTS com aperfeiçoamentos realizados pela TGM em estudos de campo.


Totalmente desenvolvida pela TGM, a utilização dos acoplamentos flexíveis permite aos redutores operarem sem a interferência de fatores externos. Nesta linha, foram aplicados conceitos e conhecimentos adquiridos pela experiência da TGM ao longo de toda sua trajetória, com a fabricação, manutenção e operação de equipamentos para geração de energia elétrica, identificando em alguns casos condições de operações severas e que ultrapassam os limites operacionais do equipamento.

Para José Paulo Figueiredo, diretor de Engenharia da TGM, os turborredutores são considerados equipamentos especiais quando se fala em redutores para geração de energia. ”Em quase todas as aplicações são os redutores que recebem os esforços do conjunto, principalmente, das variações decorrentes de carga e dos outros equipamentos. Por conta disso, foi necessário desenvolver uma máquina específica para esta aplicação”, afirmou.

As novidades implantadas pela equipe técnica da TGM, detectadas por meio de pesquisas e monitoramento em campo, acarretaram soluções eficientes. De acordo com Alexandre Azzine, gerente da Unidade de Negócio Transmissões TGM “foram identificados graves desvios operacionais e existência de esforços externos aplicados ao turborredutor”.

A Linha ST já está aplicada em várias unidades com ótimos resultados obtendo um desempenho excepcional. “Esse desenvolvimento é o resultado de nossa experiência consolidada em projetos, fabricação e instalação de redutores, afinal, nosso foco é ir além das necessidades dos nossos clientes”, completou Azzine.

-------------------
Sobre a TGM: 
Sediada em Sertãozinho-SP, com tecnologia 100% brasileira, a TGM possui outras três unidades sendo: Maceió-AL, São José dos Campos-SP e em Nürnberg, na Alemanha. Considerada a maior empresa da América Latina no segmento, a TGM responde pela maior parte das aplicações de turbinas a vapor, redutores planetários e turborredutores no mercado nacional e é a maior exportadora deste segmento. Está presente em mais de 40 países com mais de 550 clientes atendidos anualmente. São mais de 1.000 turbinas, 1.300 redutores planetário, 550 redutores de eixos paralelos, 500 turbinas repotenciadas e mais de 1.500 revisadas. Possui infraestrutura e tecnologia avançadas dentro de um parque fabril moderno e equiparadas às maiores fábricas do mundo. Cerca de 70% da energia elétrica produzida por biomassa na matriz energética brasileira são através de turbinas TGM, sendo responsável por 10,7 GW de potência instalada. Cerca de 30% da cana-de-açúcar esmagada no Brasil passa pelos redutores TGM. A empresa aplica soluções em acionamentos mecânicos e em plantas para geração de energia em termelétricas a Carvão, Biomassa, Resíduos Sólidos Urbanos, entre outras fontes. Além disso, o Atendimento 24hs da Assistência Técnica é realizado de forma ágil e eficiente.