(***)  TEXTO PRODUZIDO PELO FORNECEDOR DO SISTEMA SUCROENERGÉTICO
 SEM A INGERÊNCIA DO JORNALISMO DA REVISTA OPINIÕES

Empresários da Tailândia visitam Mecat para compra de equipamentos


Grupo líder na tecnologia da separação de microsólidos insolúveis em um líquido fecha parceria em Bangkok 

A Mecat, líder na tecnologia e na fabricação de máquinas e equipamentos para a separação de microsólidos insolúveis em um líquido nos setores de etanol, açúcar, suco cítrico e outros, fechou um acordo técnico, industrial e comercial com a companhia Wellman CO. LTD. de Bangkok na Tailândia. O interesse deste relacionamento de negócios se iniciou depois da última Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética, a Fenasucro que aconteceu em Sertãozinho. A Fenasucro é uma das mais importantes feiras mundiais no setor industrial do açúcar e etanol onde a Mecat, há dez anos, participa como expositor, para impulsionar sobretudo o mercado externo. 

O presidente e fundador da MECAT, Attilio Turchetti, definiu um acordo que prevê vendas de equipamentos junto com a transferência de tecnologia. “O objeto do acordo são equipamentos com elevado agregado técnico e tecnológico, onde a Wellman representará a Mecat na Tailândia e executará parte dos equipamentos, fazendo a montagem das plataformas, as conexões e a automação, com transferência de tecnologia da Mecat”. 

Fundada há mais de 30 anos, a Mecat teve como objetivo a fabricação de equipamentos e máquinas industriais para a Indústria de Alimento e Agroindústria. O presidente e fundador Attilio Turchetti recebeu o Prêmio FINEP de Inovação Tecnológica (etapa nacional) promovido pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, e é membro da mesa diretora do SPRI (Sugar Processing Research Institute) de New Orleans, Louisiana, USA. 

Para Attilio Turchetti, o acordo firmado com Sayan Chettakul, fundador e general manager da Wellman, é importante devido aos dias que o Brasil vive no momento de crise na indústria de fabricação de açúcar e etanol e conseguinte reflexo na fabricação de equipamentos. “Este evento evidencia que a única saída da crise é exclusivamente através da geração de tecnologias inovadoras e ao continuo desenvolvimento de equipamentos com elevado agregado tecnológico”, afirma. 

É com esta filosofia que, a Mecat, em continuo diálogo com seus clientes, os maiores grupos multinacionais agroindustriais do mundo, tem acompanhado as exigências do mercado e realizado de forma continua inovações tecnológicas utilizando-se das próprias unidades de pesquisa de campo e do próprio laboratório de física, conquistando, desta forma, uma liderança mundial na fabricação de equipamentos para as indústrias de  fabricação de açúcar, etanol e suco cítrico, com grande impacto no mercado nacional e internacional.