(***)  TEXTO PRODUZIDO PELO FORNECEDOR DO SISTEMA SUCROENERGÉTICO
 SEM A INGERÊNCIA DO JORNALISMO DA REVISTA OPINIÕES

Datagro: balanço mundial de açúcar continua em déficit, entenda o motivo


Debates da X ISO Datagro New York Sugar & Ethanol apontam desafios do setor diante as transformações do mercado

O sequente déficit no balanço global de açúcar, a alta dos estoques mundiais, a queda da produção e a oscilação de preços do mercado alertam produtores e investidores. O cenário atual da indústria sucroenergética dos países players vem influenciando a demanda e oferta de açúcar. 

De acordo com levantamento da Datagro, divulgado durante a ISO Datagro New York Sugar & Ethanol Conference, o déficit mundial de açúcar deve chegar a 6,09 milhões de toneladas em 2016/17. 
A Indonésia, que é o segundo maior exportador de açúcar, está sofrendo com a restrição financeira e a logística. Segundo Ahmad Farid Kamarudin, CEO da MSM Trading International DMCC, estes fatores impedem o crescimento do setor no país e apresenta um déficit estrutural na produção de açúcar, com aumento nas importações da commodity. Atualmente, a Tailândia é um dos principais exportadores de açúcar para a Indonésia, somando um de 4,1 milhões de toneladas em 2016.

Outro grande produtor de açúcar que pode ter desafios para manter estabilidade no mercado é a Índia. “Plantio em Maharashtra, provavelmente vai cair tanto quanto 35% nesta temporada”, avalia Jonathan Drake, chefe de açúcar no RCMA Commodities Ásia, em seu discurso. Desta forma, a Índia também pode se tornar importador próximo ano. Ainda sobre a Ásia, Jonathan apontou para condição de produção na China, que deve continuar a caindo, e ter déficit de 7,5 milhões de toneladas de suprimentos.

Já no Brasil, a produção de açúcar poderá ter ligeiro aumento. De acordo com Plinio Nastari, nesta temporada, o volume deve somar 38,10 milhões de toneladas, sendo superior aos 33,99 milhões de toneladas de 2015/16.  “Desde 2012, a produção de açúcar tem reduzido. Mas, em 2016, este cenário deve se recuperar, e chegar próximo ao último recorde. Neste sentido a capacidade do Brasil de mudar mix de produção está ajudando a reduzir a volatilidade do mercado”, afirmou Nastari. A X ISO Datagro New York Sugar & Ethanol Conference aconteceu no dia 18 de maio, em Nova York e, há 10 anos, faz parte calendário mundial do setor sucroenergético. Com o tema principal, “O açúcar no contra-ciclo”, o evento reuniu mais de mais 300 líderes mundiais em negócios, especialistas e autoridades.