(***)  TEXTO PRODUZIDO PELO FORNECEDOR DO SISTEMA SUCROENERGÉTICO
 SEM A INGERÊNCIA DO JORNALISMO DA REVISTA OPINIÕES

Tecnologias Parker levam mais segurança para máquinas autoprepelidas


Partek defense e hose whip restraint atendem às exigências da norma NR12 

São José dos Campos (SP), maio de 2016 - Líder global no desenvolvimento de soluções para o movimento e controle, a Parker Hannifin, por meio de sua Divisão Fluid Connectors, apresenta duas novas tecnologias que atendem às novas exigências da norma NR12. Em vigor desde dezembro de 2015, estas novas regras fazem referência aos padrões de segurança de mangueiras hidráulicas montadas em máquinas autopropelidas e seus implementos. 

Em vigor desde dezembro de 2015, estas novas regras fazem referência aos padrões de segurança de mangueiras hidráulicas montadas em máquinas autopropelidas e seus implementos. 
Em vigor desde dezembro de 2015, estas novas regras fazem referência aos padrões de segurança de mangueiras hidráulicas montadas em máquinas autopropelidas e seus implementos.

Entre as novidades capazes de atender tais demandas está o Partek Defense, um acessório especial que reveste as mangueiras instaladas nos equipamentos e impede que, em casos de ruptura, o fluido pressurizado atinja o operador do equipamento - conforme determina o subitem 6.13 do artigo terceiro da NR12. 

Este acessório reduz drasticamente as chances de ocorrer ferimentos a colaboradores e danos a equipamentos, e pode ser utilizado em qualquer tipo de aplicação envolvendo sistemas de acionamento hidráulico. Certificado pela MSHA e alinhado às normas ISO 3457, ISO 4413, EN 414 e MDG41, o Partek Defense contém a ruptura de mangueiras mesmo quando estas estão trabalhando sob pressões até 12.000 psi. Os materiais de alta performance utilizados em sua confecção garantem longa vida útil ao componente, que é de fácil instalação. 

Estas novas exigências também preveem que as mangueiras que trabalham com pressão superior a 50 bar sejam equipadas com dispositivos que impeçam o "chicoteamento", situação em que a mangueira pressurizada se solta com grande violência da conexão, produzindo movimentos descontrolados similares ao de um chicote, podendo atingir e ferir gravemente os operadores e danificar equipamentos próximos. 

Para prevenir situações como essas, a Parker recomenda o Hose Whip Restraint. Este sistema limita a movimentação da mangueira, impedindo-a de chicotear, e eleva o grau de segurança e confiabilidade dos equipamentos. O sistema é composto por duas partes - um conjunto de cabos de aço para a mangueira e um colar que pode ser especificado de acordo com o diâmetro da mangueira e tipo de conexão utilizada. Vídeos que mostram os sistemas Partek Defense e Hose Whip Restraint podem ser vistos nos links https://youtu.be/sfAefhvfrmY e https://youtu.be/ReCHBgCpx0UPara outras informações, contate a Parker Hannifin pelo telefone 0800 727-5374 ou pelo e-mail falecom@parker.com.

--------------
Sobre a ParkerCom vendas globais de US$ 12,7 bilhões (ano fiscal 2015), a Parker Hannifin é líder mundial no desenvolvimento de tecnologias para movimento e controle. É reconhecida como a mais diversificada provedora de soluções de engenharia para uma ampla variedade de mercados, incluindo aplicações industriais, mobil e aeroespaciais. A companhia emprega aproximadamente 55.000 pessoas em 50 países.

No Brasil, a Parker mantém seis unidades produtivas, seis escritórios regionais de vendas e um centro de serviços de engenharia, desenvolvendo produtos e sistemas para as áreas de controle de processos, hidráulica, pneumática, filtração, eletromecânica, condução de fluidos e gases, selagem e blindagem, climatização. Para mais informações, visite o site da empresa www.parker.com.br.